Papo Descomplica

A tal Crise dos 30 anos

A tal Crise dos 30 anos. As dores e as delicias de ter 30 anos.

A 15 dias de completar 31 anos, posso falar com certa propriedade das dores e delicias de entrar na casa dos 30, na crise dos 30, no de repente 30… E todos os títulos um tanto negativos que rondam essa nova etapa de vida tão “temida”.

O Drama dos 30 anos

Mas o que mudou tanto de um dia para o outro? Parece o conto de Cinderela, você dorme princesa nos últimos minutos dos seus 20 e todos e acorda borralheira com 30.

É como se os vinte e tantos quase te blindasse de ser totalmente adulta, te desse o álibi da desculpa para algumas irresponsabilidades ou não pesasse tanto para certas cobranças sociais:

  • Não vai casar?
  • Não vai ter filhos?
  • Não vai morar sozinha?
  • É bem sucedida?
  • Vai dormir de maquiagem?

Calma aí, sou jovem ainda, tenho 20 e tantos! Mas de repente você dorme, desperta, abre os olhos e como passe de mágica, acabou.

Sério? É, é sério, se você se permitir ser sufocada pelo o estigma da sociedade, é sério. Mas pera aí, você vai se permitir?

Sem papas na língua

Claro que muitas coisas mudam e como eu costumo acreditar, quem não muda que está com grandes problemas.

E como você bem sabe em todas as mudanças encontramos pontos positivos e negativos.

Negativos

As costas vão doer e as pernas não tem mais todo aquele vigor para passar a madrugada inteira dançando que nem louca, longe de mim dizer que você não aguenta aquela balada top do fim de semana ou até em plena terça feira, mas que a perna vai doer ao acordar… ah isso vai.

A ressaca também piora, o fígado manda mais recados do que em outros tempos, ir virada para qualquer ocasião vira uma questão de missão impossível e sim seu colágeno e metabolismo pioram consideravelmente.

Positivos

Olha, sem mimimi, falando sérião, são muitos, tantos que eu não conseguiria te descrever em único post… (Vamos falar mais sobre isso).

Mas fazendo um resumo da ideia, é uma fase de libertação e autoconhecimento, quase como se você estivesse sendo reapresentada com muita simpatia para você mesma.

Quando você deixar a ansiedade baixar e a angustia se diluir, vai perceber que pode tudo aos 30 anos.

Você ainda tem energia de sobra, já se conhece bem, sabe o que quer, ou sabe que quer saber o que quer (Deu para entender?), você pode não saber onde quer chegar, mas tem uma vontade gigante de conhecer os caminhos dentro de você para te levar onde realmente te importa, o tal do autoconhecimento.

Isso é incrível, não se esqueça da frase do Pedro Bial no Texto Filtro Solar:

“Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida. As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam, Aos 22, o que queriam fazer da vida. Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.”

Você amadurece, aprende a se respeitar, a não ir onde não quer, se permite a dormir num sábado à noite porque não está afim de bagunça e quem sabe até trocar de ramo profissional?

Você pode mudar a cor ou corte de cabelo, ir passar um tempo na Europa ou fazer uma saga de leitura em livro de poesia…

O que é interessante é que você vai de uma forma ou de outra querer se encontrar, se enxergar no que faz no dia a dia, não suporta mais fazer por fazer, fazer para agradar ou para quem sabe desagradar os outros.

Por que agora você pode tudo! Permita-se. Descomplica…

Fonte: Creative Commons

Beijos descomplicados 😘

Redes Sociais

cropped-img_0201.png

Facebook

Instagram

Foto de Capa: Creative Commons

 

Anúncios

4 comentários

  1. Hoje estou com 29 anos, há 10 meses de fazer “de repente trinta”. E me identifiquei com algumas coisas que você disse no seu post, como, por exemplo, o fígado começar a apresentar problemas hahahahaha
    É bem isso, hoje em dia não posso beber muito que passo muito mal no outro dia, coisa que há 5 anos atrás não acontecia. Quanto as cobranças que as pessoas fazem, graças a minha falta de papas na língua ninguém me pergunta nada, porque sabem que a resposta vai ser tão agradável quanto a pergunta 😉
    As dores nas pernas graças aos exercícios físicos ainda não pegaram kkkkkk
    O que me incomoda um pouco é que estão começando a aparecer os fiozinhos de cabelos brancos, eles me irritam!
    Mas eu concordo plenamente que nessa fase a gente se conhece mais, vive mais e se permite mais. É um maravilha estar com quase 30. Parabéns pelo post 😉

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s